O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

(0xx31)3452-8078

Quinta, Outubro 29, 2020

ABERTURA DE EMPRESA

Em algum momento da vida, você terá a vontade de ter seu próprio negócio, ser dono dos seus atos e se desenvolver financeiramente. "Abrir uma empresa" significa fazer o registro de uma Razão Social, Constituir uma Pessoa Jurídica e obter um Número de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), e essa pessoa jurídica lhe abre várias portas para o mercado como, por exemplo, descontos na compra de insumos, possibilidade de empréstimos para investimentos e participação em licitações da prefeitura, além de ser obrigatório para toda pessoa que quer obter seu próprio negócio.

 

A abertura de uma empresa pode ser dividida em seis etapas:

  1. Definir onde a empresa irá ser estabelecida. A partir da definição do local é feita uma consulta se a atividade da empresa pode ser exercida naquele local (EX: não podemos abrir uma marcenaria em uma área hospitalar).

  2. Definir que tipo de empresa será aberto. Em comum temos a empresa LTDA (Limitada), que é composta por dois ou mais sócios que dividem suas obrigações e o lucro da empresa através de quotas. Também temos a ME (Micro Empresário), que é criada a partir de apenas um sócio majoritário da empresa e ele tem todas as obrigações e os lucros do negócio. Estes são os dois modelos mais comuns de empresa a serem abertas, mas também existe o MEI (Micro Empresário individual) que é um modelo de empresa com seus diferenciais.

  3. Definição da razão social da empresa. Após definida o tipo de empresa a ser aberta, é feita uma consulta para verificar se o nome escolhido para representá-la a empresa pode ser usado. Não é permitido existir duas empresas com o mesmo nome e no mesmo estado para a mesma atividade, mas pode haver empresas com nomes fantasias iguais, desde que este não esteja registrado.

  4. Conferido o nome para empresa e aprovado, deverão ser enviados toda documentação dos sócios e os códigos civis em que a empresa se enquadra através de um DBE para a prefeitura. Com as informações aprovadas o contrato social é liberado pela JUCEMG.

  5. Após liberado o contrato social deve ser feito o pagamento da taxa relacionada a aquele tipo de empresa para fazer o registro da mesma e adquirir a inscrição estadual, inscrição municipal e o número de CNPJ.

  6. Após o pagamento e o registro efetuado, é solicitado o alvará de funcionamento (e também o alvará sanitário se necessário) e após os alvarás emitidos a empresa já pode funcionar.

 

 

 

Scroll to top